Important:

Quaisquer soluções e/ou desenvolvimento de aplicações pessoais, ou da empresa, que não constem neste Blog podem ser tratados como consultoria freelance.

...

Views

16 de julho de 2011

Dashboard de Vendas - Sample Sales Dashboard


Perpetuum_Software_Regional_Sales_Management_Dashboard.png
Fora os Dashboards executivos, nenhum outro tipo de Dashboard é mais executado do que um de vendas. A atividade de vendas é o coração que dá vida a maioria das empresas. Os responsáveis de vendas precisam manter seus dedos no pulso em todos os momentos, mesmo quando tudo está bem. 

Estratégias de vendas podem precisar mudar rapidamente quando novas oportunidades, problemas ou pressões competitivas surgir. Um Dashboard bem projetado será uma ferramenta poderosa para um gerente de vendas.

dmine-business-dashboard-sales-monitor.jpg


Já projetei inúmeras amostras de Dashboard de vendas, selecionando as informações que  parecem ser as mais importantes para um gerente de vendas monitorar. Cada item que selecionei é um KPI do que está ocorrendo atualmente em curso. Segue uma lista de exemplo:


Receita de vendas

Receita de vendas no pipeline 
(receita esperada dividida em categorias de probabilidade)

Lucro

Avaliação de satisfação do cliente

Top 10 clientes


Fatia de mercado


Para cada itens faz-se necessário tomar várias decisões, incluindo:


Em que nível de sumarização devo expressar esta medida?

Que unidade de medida devo usar para expressar essa medida?

Quais são as informações complementares que a incluir como contexto para melhorar o significado desta medida?

Que design melhor expressa essa medida?

Quão importante é essa medida para um gerente de vendas em comparação com as outras medidas?

Na ordem seqüencial dos itens dispostos no Dashboard, qual a mais apropriada para o  gerente de vendas?


Com quais outras medidas um gerente de vendas desejaria comparar esta medida?


Se fosse projetar um Dashboard de vendas para uma determinada pessoa ou grupo, gostaria de envolvê-los para responder a estas perguntas. Para este exemplo fiz várias suposições com base em meu conhecimento de vendas e produziu o painel abaixo.

Andre_Luiz_Bernardes_Dashboard_Sample_01.png



Examine cuidadosamente o Dashboard acima, apenas olhando por alto, descubra o que funciona e o que não funciona na sua empresa, região ou país, aprofunde esta descoberta compreendendo o porquê. 

Olhe cada KPI, o contexto, os aspectos do design visual. Pergunte-se: "Por que foi concebido dessa maneira?" Tome algum tempo para refletir sobre tais aspectos ou outros que desejar. 

Com base no comentado anteriormente, será capaz de identificar e explicar as razões para a maioria das escolhas do design acima.

Seguem alguns pontos altos:

As cores foram usadas com moderação, esta utilização criteriosa da cor faz com que os itens que devam chamar a atenção façam-no claramente, sem a concorrência de outras cores que também poderia atrair a atenção.


Assumo que as medidas identificadas como key metrics (indicadores chave) geralmente são os itens mais importantes no painel, são colocados no canto superior esquerdo, dando-lhes o destaque que merecem.


Bullet Graphs - Minigráficos são necessários para atingir o efeito de um denso conjunto de dados em uma pequena quantidade de espaço. Este Dashboard exibe uma grande quantidade de informações, sem ser desordenado.


Algumas medidas são apresentadas graficamente e como texto. O pessoal que monitora as atividades de vendas geralmente estão interessados em conhecer ambas as demonstrações: Em valores reais de vendas e como estas estão em relação às metas.


A exibição do quarter-to-date de receita por região, combina os valores e o pipeline na forma de barras empilhadas. Esta abordagem permite aos expectadores visualizarem facilmente o resultado da adição prevista para a receita em relação ao alvo.


Espaços em branco só foram usados para delinear e grupos de dados. Delimitadores, linhas de grade, e as cores de preenchimento de fundo são desnecessários.

TagsAndré Luiz Bernardes, Dashboard, KPIs, quarter-to-date, bullet graph, key metrics





 
       

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vitrine